Textículo

Sinto muito pouco, leitores: hoje não tem tira. Hoje tem um mini-texto. Mas o efeito é o mesmo.

Desesperado, tentou de todos os jeitos se comunicar.
O coma impedia.
Estava consciente de tudo ao seu redor: ouviu quando o filho em prantos lhe pediu perdão; quando a esposa assumiu ter conhecido outro alguém, quando a cunhada sussurrou-lhe que sempre o desejou.
A cada confissão ouvida, buscou com todas as forças se comunicar, em vão.
Se conseguisse, apenas uma coisa diria:
– Pelo amor de Deus, coça minha orelha!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s